Credit Suisse assume como formador de mercado da Telefônica Brasil

Companhia não pretende comprar papeis ou aumentar a oferta de ações na Bovespa.

A Telefônica Brasil anunciou na noite de ontem, 09, o banco Credit Suisse como seu formador de mercado no Brasil. Cabe ao formador negociar os papéis ordinários e preferenciais na bolsa paulista Bovespa. Circulam no mercado 29.320.789 de ações ordinárias da Telefônica, e 415.132.117 de preferenciais. Esses volumes vão permanecer inalterados, segundo o comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários.

A Telefônica afirma que “seus acionistas controladores não celebraram qualquer contrato regulando o exercício do direito de voto ou a compra e venda de valores mobiliários de emissão da Companhia com o Formador de Mercado”. O banco já começou a desempenhar a nova função hoje, 10 de março. O contrato durará um ano, podendo ser prorrogado por iguais períodos.

Avatar photo

Rafael Bucco

Artigos: 4194