VP do Facebook para a América Latina é preso em São Paulo

Companhia teria se recusado a colaborar com investigação criminal. Em nota, chama medida de "desproporcional" e ressalta que WhatsApp opera separadamente do Facebook

diego dzodan facebookO vice-presidente do Facebook para a América Latina Diego Dzodan foi preso em São Paulo na manhã desta terça-feira, 01. A ordem de prisão partiu do juiz da Vara Criminal de Lagarto (SE), Marcel Maia Montalvão. Os detalhes do processo que levaram à prisão não foram revelados.

Segundo a assessoria de imprensa do TJ-SE, trata-se de um processo que corre em segredo de justiça, sobre de tráfico de drogas interestadual, em que a Polícia Federal solicitou a quebra do sigilo de mensagens trocadas no WhatsApp por terceiros. O que foi deferido pelo magistrado.

O tribunal afirma que o Facebook foi contactado em três oportunidades, e em nenhuma liberou as conversas solicitadas pela Polícia Federal. O juiz, então, determinou uma multa diária de R$ 50 mil caso a ordem não fosse cumprida. Novamente, a empresa não atendeu. A multa diária foi elevada para R$ 1 milhão e, também, a empresa Facebook não cumpriu a determinação judicial de quebra do sigilo das conversas do aplicativo WhatsApp.

“Diante das reiteradas determinações descumpridas, o juiz Marcel Maia decretou a prisão do responsável pela empresa no Brasil, o senhor Diego Dzodan, por impedir a investigação policial, com base no artº 2º, §1º, da Lei 12.850/2013”, alega o tribunal, em nota.

O Facebook  prefere pouco dizer sobre a situação. Também em nota, lamentou a prisão e afirma que não poderia contribuir com as exigências pois o WhatsApp funciona como empresa independente da rede social. “Estamos desapontados com a medida extrema e desproporcional de ter um executivo do Facebook escoltado até a delegacia devido a um caso envolvendo o WhatsApp, que opera separadamente do Facebook. O Facebook sempre esteve e sempre estará disponível para responder às questões que as autoridades brasileiras possam ter”, afirma.

O argentino Dzodan assumiu o comando da rede social na América Latina em junho de 2016, em substituição ao brasileiro Alexandre Hohagen.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10576