A Amazon lançou hoje, 10, o Video Direct (AVD), uma plataforma integrada ao Amazon Video, seu concorrente do Netflix, que permitirá a criadores de conteúdo publicarem vídeos. O AVD permite que o usuário faça upload de vídeos à vontade. Mas vai além. Os produtores poderão disponibilizar os vídeos de graça, cobrar aluguel ou vender as obras. Além disso, a plataforma vai remunerar os donos dos conteúdos mais assistidos.

Como faz o Youtube, a Amazon ficará com 45% das receitas com publicidade exibida juntamente com os vídeos gratuitos. E vai abocanhar 50% do valor dos vídeos colocados para alugar ou vender. Além de produtores amadores, a empresa espera atrair gigantes do entretenimento. Inicialmente, Condé Nast, HowStuffWorks, The Guardian, Mattel e Mashable se comprometeram a usar a plataforma.

Previous

Elton Borgonovo assume comando da Motorola Solutions no Brasil

Next

Receita com serviços móveis da Nextel Brasil cresce 44,3%, em Reais

About Author

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also