Última pesquisa em Rio Verde apura 94% das casas com TV digital

Entre as residências que não têm mais os sinais de TV, 75% pertencem às classes C2, D e E

Passado um mês depois que os sinais analógicos de TV foram desligados na cidade goiana de Rio Verde, foi feita a última pesquisa na cidade pelo Gired (grupo que conduz o processo de transição da TV analógica para a TV digital), que confirmou que 94% das residências estavam aptas a receber os sinais de TV digitais.

No universo de 6% das casas que teoricamente ficaram sem assistir à TV 75% pertencem às classes C2, D e E; 17% as classe C1 e 8% às classes AB. A pesquisa fez novas perguntas sobre o desligamento, e o fato mais positivo apontado com a introdução da TV digital é a “imagem melhor”, resposta de 82% dos entrevistados.

O fato negativo é o fato de as pessoas perderem o sinal (32%). O uso de recursos interativos não teve nenhuma resposta positiva, embora 32% dos usuários do bolsa família tenham respondido que já tinham ouvido falar da interatividade que existia em seus conversores e o portal Bolsa Família foi o programa mais lembrado (5).

Avatar photo

Miriam Aquino

Jornalista há mais de 30 anos, é diretora da Momento Editorial e responsável pela sucursal de Brasília. Especializou-se nas áreas de telecomunicações e de Tecnologia da Informação, e tem ampla experiência no acompanhamento de políticas públicas e dos assuntos regulatórios.
[email protected]

Artigos: 2195